Sessão Especial celebra 30 anos de Tribunal Regional do Trabalho na Paraíba

Sessão Especial celebra 30 anos de Tribunal Regional do Trabalho na Paraíba

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) celebrou, nesta quarta-feira (14), os 30 anos de funcionamento do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) na Paraíba. Uma Sessão Especial realizada no plenário José Mariz reuniu magistrados, servidores, ex-servidores e os deputados Gervásio Maia e Janduhy Carneiro.
 
Para o deputado Gervásio Maia, autor da propositura, durante os 30 anos que atua no Estado, o TRT buscou sempre o bom atendimento ao trabalhador. "A Assembleia Legislativa não poderia deixar de celebrar essa data. Sua forma de atuar, na conciliação,  o pioneirismo do processo eletrônico e suas decisões são referências e motivo de orgulho para nós paraibanos", ressaltou.
 
Já o deputado Janduhy Carneiro, que é servidor licenciado do TRT, ressaltou que a justiça do trabalho tem importância fundamental para dirimir conflitos de interesse entre empregado e empregador. "Uma sessão como esta é salutar pois visa homenegear o trabalho dos integrantes da corte que atuam na conciliação", disse.
 
Durante o evento foi entregue ao desembargador Ubitaran Delgado uma placa comemorativa ao Tribunal pelos 30 anos de atividade no Estado. No seu discurso, o presidente do tribunal, que preside o órgão desde janeiro, relembrou o início das atividades do órgão no Estado e os avanços conquistados ao longo dos anos. "Neste 30 anos expandimos, crescemos e saímos de uma situação crítica onde os processos demoravam anos para nos tornar um tribunal célere graças a todos nossos servidores. Nos orgulhamos de ser o tribunal mais tecnológico do país", salientou.
 
O desembargador avalia ainda que o maior patrimônio do TRT são os magistrados e servidores e aproveitou a ocasião para agradecer ao Poder Legislativo Paraibano pela homenagem. "Vamos continuar servindo ao povo da Paraíba com altivez, competência e senso de justiça", disse.
 
O órgão atua no Estado em 27 varas instaladas em 14 cidades e que conseguem atender todos os 223 municípios do Estado. Atualmente o órgão tem 60 juízes e 10 desembargadores.
 
O Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região foi criado com a Lei nº 7.324/1985 e inaugurado no dia 11 de outubro de 1985. O primeiro presidente do tribunal foi o juiz Paulo Montenegro Pires. 

 

 

 

Assessoria