Senador teme sucateamento da Transposição se não houver manutenção permanente e critica

Senador teme sucateamento da Transposição se não houver manutenção permanente e critica

O senador, Raimundo Lira (PMDB), foi o entrevistado desta sexta-feira (22), do programa Rádio Verdade da Arapuan FM e destacou a necessidade não apenas da transposição do Rio São Franciso, mas também da revitalização permanente, apontando que é um investimento gigantesco para não deixar a transposição “sucateada”.


Lira contou que o Ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, mostrou preocupação em cobrar investimento do Governo para a revitalização do São Francisco. “Se não for feito algo, em dua ou três décadas todo o investimento vai ser em vão”, apontou lembrando uma viagem que fez até o rio Mississipi nos Estados Unidos, que desde 1910, tem um trabalho de revitalização sendo feito.


“Precisamos da transposição para salvar 12 milhões de pessoas e é fundamental que a revitalização seja permanente e não uma obra que vai trabalhar um ou dois anos e depois passar quatro ou cinco sem fazer, como não fizemos a conclusão da barragem de Boqueirão estamos perdendo 110 milhões de m³”, reclama.


O senador ratificou a necessidade de manutenção da estrutura e apontou que são nove estações elevatórias com uma quantidade ‘enorme’ de máquinas para fazer a elevação da água, suporte de energia elétrica ‘extraordinário’ e está alçado em 400 milhões a manutenção permanente.


Baseado nisso, o peemdebista tem dúvidas se a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba) tem estrutura técnica para fazer a manutenção de forma eficiente. “Não adianta esse sacrifício todo e daqui há 10, 12 anos a transposição estar sucateada”.

 

 

 

 


Marília Domingues