Senador cobra comissão para acompanhar Transposição

Senador cobra comissão para acompanhar Transposição

Ao lembrar que 22 de março é o Dia Mundial da Água, o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) chamou atenção para a necessidade da recriação da comissão temporária externa, que já funcionou no Senado, para acompanhar a transposição das águas do Rio São Francisco. Neste sentido, o senador paraibano já apresentou requerimento solicitando a volta da comissão a fim de que os senadores continuem acompanhando de perto as obras de transposição, garantindo a continuidade dos projetos já iniciados.

A data (Dia Mundial da Água) foi instituída pela ONU e serve para conscientizar a população sobre a importância da preservação da água. O senador lembrou que este ano o tema da comemoração é “Água e Desenvolvimento Sustentável”. Ele destacou que a distribuição dos recursos hídricos no Brasil é desigual e, em muitas localidades, a população nunca teve acesso à água tratada. Uma solução apontada pelo parlamentar para diminuir o sofrimento principalmente dos sertanejos é a celeridade nas obras de transposição do Rio São Francisco.

Raimundo Lira explicou que a Paraíba, que já tem dois eixos de acesso ao São Francisco, pleiteia uma terceira entrada para atingir todos os municípios do estado, de modo a evitar que falte água em qualquer época do ano.

“A transposição do Rio são Francisco é o maior programa de segurança hídrica da Região Nordeste. A vida do nordestino nunca mais será a mesma, depois que as águas captadas do Rio são Francisco estiverem escoando pelos canais construídos. Daí o justificado entusiasmo de todos os que lutam para que essa obra monumental seja concluída”, afirmou Lira, em recente pronunciamento no Senado.

 

 

 

Assessoria