Senador Cícero Lucena sinaliza que pode declinar da reeleição ao Senado em prol da candidatura de Cássio

Senador Cícero Lucena sinaliza que pode declinar da reeleição ao Senado em prol da candidatura de Cássio

Animado com a possibilidade do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) disputar o Governo do Estado nas eleições de outubro deste ano, o também senador tucano Cícero Lucena sinalizou que pode declinar da candidatura à reeleição ao Senado Federal em prol da candidatura própria do PSDB.
Cícero destacou, no entanto, que seu nome continua posto e à disposição da legenda para a candidatura ao Senado e que está pronto para o desafio, mas que não fará exigências. “Nossa prioridade é a candidatura do PSDB ao Governo do Estado, ouvindo as vozes das ruas, estou no partido para colaborar e no momento oportuno a chapa será composta, tudo dentro do consenso”, falou.
Sobre o apelo do presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, em prol da manutenção da aliança na Paraíba, Cícero avisou: “O apelo de Eduardo Campos não pesa. Ele é presidente de um partido e está defendendo os interesses do partido dele e nós, do PSDB, estamos defendendo os interesses do nosso e nada melhor do que ter Cássio encabeçando a chapa para disputar o Governo da Paraíba”.
Indagado se um rompimento com Ricardo Coutinho (PSB) não ‘pegaria mal’, já que Cassio apoiou o PSB em 2010, Cícero não titubeou: “Quem deixou de cumprir os compromissos foi o PSB, então o que resta ao PSDB é trilhar por novos caminhos”, disparou. Cícero disse que a decisão de Cássio tanto pode se tomada hoje, como em uma nova data. Ele lembra que o Tribunal Superior Eleitoral já sinaliza que Cássio pode ser candidato e é por isso que o tucano deverá ouvir a voz das ruas.
“Um líder só chega a essa posição quando ele tem a capacidade de ouvir e eu tinha certeza que ele como líder iria ouvir seus liderados. Cassio com esse gesto mostra todo o seu amadurecimento politico”, comemorou Cícero.