Senado vai gastar R$ 696 mil para comprar celulares para novos parlamentares

Senado vai gastar R$ 696 mil para comprar celulares para novos parlamentares

O Senado Federal aprovou recentemente uma licitação, programada para o dia 29 de dezembro, para a compra de 360 novos celulares para os parlamentares que assumirão seus cargos em 2015.

O custo da aquisição dos equipamentos está orçado em R$ 696 mil. A compra será efetivada em fevereiro do ano que vem, e servirão para os senadores que dão preferência a utilizar linhas pessoais ao invés dos aparelhos corporativos adotados pela Casa.

Os modelos que estão sendo orçados são: iPhone 6, Samsung Galaxy S5, Motorola Moto X, Blackberry Z10 ou “similares”. Na lista estão 90 unidades de cada um destes modelos.

O Senado já possui em seu regimento interno a previsão de gastos para o pagamento das contas de telefone dos senadores, mediante cadastramento antecipado. Todavia, essa seria a primeira vez que a instituição também arcaria com os custos dos aparelhos.

Além disso, a Casa já teria uma licitação em andamento para a contratação de serviços de telefonia, entre os quais estaria incluso a disponibilização de unidades do iPhone 5 (devidamente atualizados) na forma de comodato, ou seja, ao deixar o cargo os senadores deveriam devolver os dispositivos.

Esse primeiro documento licitatório é justificado com base na “necessidade de conexão on-line para execução das tarefas diárias é uma realidade que não mais está limitada ao ambiente da mesa de trabalho do usuário, notadamente o Parlamentar, ante a dinâmica de sua atuação política. […] Em diversas ocasiões acessar e-mails, páginas da internet, enviar mensagens, consultar documentos e informações com agilidade e mobilidade se torna cada vez mais uma imposição”.

 


Da Redação com iG