Semob planeja concurso para 200 vagas em 2015

Semob planeja concurso para 200 vagas em 2015
Em 2015 a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) pretende realizar concurso público com 200 vagas; implantar o sistema de BRT (Bus Rapid Transit) em 65 km de vias e instalar quatro terminais de integração. As ações estão previstas no plano da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do órgão para o próximo exercício, assunto debatido em audiência pública na tarde desta quinta-feira (29), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). 
 
As ações foram expostas pelo superintendente adjunto da Semob, Roberto Pinto, que adiantou: “vamos  elaborar o Plano da Mobilidade Urbana de João Pessoa, envolvendo não só a Capital, mas a Região Metrolpolitana. Serão feitos questionários e pesquisas para conhecermos o perfil das pessoas que trafegam, no que tange à mobilidade, para onde os cidadãos vão e por onde se deslocam. Assim iremos construir e implementar ações de mobildiade específicas para nossas necessidades”, salientou.
 
Além desta, outras metas foram incluídas no documento, como: concurso público com previsão de 200 vagas para o quadro técnico administrativo; a implantação do sistema de BRT em 65 km de vias com quatro terminais de integração; instalação de 50 bicicletários; 60 estações de embarque e desembarque cobertas; 100 câmeras de monitoramento; 200 equipamentos de fiscalização eletrônica mistos com fotossensores em faixa de rolamento; 60 redutores de velocidade; e de cinco mil placas de trânsito. 
 
“Estamos nos últimos trâmites para lançar o edital de licitação para a implementação do sistema BRT, que terá faixas exclusivas para ônibus nos principais corredores da cidade. Vamos dar agilidade no deslocamento de um ponto a outro, a exemplo de coletivos que passam pelo mesmo trajeto, como alguns que percorrem a Avenida Cruz das Armas, Costa e Silva e Vierira Diniz. Haverá um grande terminal de intregração ao longo das Três Lagoas, para que as pessoas tenham apoio para irem de lá ao terminal de integração do Centro sem precisarem percorrer outros caminhos ou bairros”, enfatizou Roberto Pinto. 
 
Também estão previstas ações de educação para o trânsito, como a campanha “Eu quero paz no trânsito”, entre outras focadas nos condutores, pedestres, ciclistas e operadores do transporte público. Além disso, a Semob realizará trabalhos de educação nas escolas orientando para formar cidadãos conscientes das normas de trânsito, além de treinamentos para os agentes de mobilidade urbana, entre outras iniciativas.
 
Também participaram da audiência os vereadores Lucas de Brito (DEM), relator da LDO 2015,  Raoni Mendes (PDT), presidente da Comissão de Finanças e Orçamento (CFO) da CMJP, Benilton Lucena (PT), Edson Cruz (PP) e Marco Antônio (PPS).