Seleções estrangeiras se impressionam com recepções calorosas de brasileiros

Seleções estrangeiras se impressionam com recepções calorosas de brasileiros

 Jogar capoeira, encontrar-se com índios e até, junto com torcedores do Bahia, entoar o hino do clube brasileiro. Essas foram algumas atividades “fora do script” que ajudaram boa parte das 26 seleções a se integrarem com a população das cidades que recebem os elencos para treinamento antes do início da Copa do Mundo, nesta quinta-feira (12). Para retribuir a recepção calorosa, os times seguraram faixas e vestiram camisas em agradecimento.

Os ingleses, que se concentram no Rio de Janeiro, participaram de uma “aula experimental” de futebol e acabaram numa roda de capoeira com os meninos da favela da Rocinha. No centro de treinamento, os jogadores agradeceram: Obrigado pela recepção calorosa. Outra candidata europeia ao título, a Alemanha também se divertir em Santa Cruz de Cabrália, na Bahia, onde se prepara para a jornada do Mundial.

Os alemães receberam índios pataxó, que emocionaram o time com uma homenagem ao aniversariante do dia, o atacante Miroslav Klose. E a festa não parou por aí. O goleiro Manuel Neuer e o meia Bastian Schweinsteigger vestiram a camisa do Bahia para cantar o hino do clube com torcedores do time tricolor. A brincadeira foi parar nos YouTube e já tem mais de 166 mil visualizações.

“Estamos satisfeitos e ficamos impressionados com a alegria e o comprometimento do povo baiano. A dança com os índios foi o símbolo dos nossos jogadores tentando abraçar a cultura brasileira da melhor forma possível”, afirmou o diretor da seleção da Alemanha, Oliver Bierhorff. Com a interação, os alemães treinaram com camisas com os dizeres “Feliz por estar aqui” e “Obrigado Bahia”.  

Os portugueses também conhecem o calor do torcedor brasileiro. A distribuição de ingressos para o treino aberto da esquadra lusa terminou em menos de seis minutos. O cadastro dos entusiastas de Cristiano Ronaldo e equipe foi feito no site da prefeitura de Campinas, cidade paulista que recebe o time. São esperados 10 mil espectadores para a atividade na próxima quinta-feira (12.06).  

E não só os candidatos mais fortes ao título mundial que estão sendo tietados por torcedores brasileiros, o México, por exemplo, mesmo sendo adversário do Brasil na primeira fase, causou comoção e se emocionou com a recepção dos santistas. O time, que treina no litoral paulista, tem sido acompanhado por uma multidão de fãs por onde passa, principalmente na porta do hotel onde estão hospedados.  

Outra recepção calorosa veio dos gaúchos de Viamão, que enfrentaram o frio e lotaram a praça da Matriz com 10 mil pessoas para entregar a chave da cidade para os jogadores do Equador. A festa para os equatorianos tinha começado no início da tarde, e a cidade decorada de vermelho, amarelo e azul assistiu a apresentações culturais, com escolas de samba e bandas regionais. Pelo Twitter, a seleção do Equador exclamou: Quanto amor!