Segurança é reforçada após ataque a UPP no Complexo do Alemão, no Rio

Segurança é reforçada após ataque a UPP no Complexo do Alemão, no Rio

A segurança no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, pacificada em 2010, foi reforçada nesta segunda-feira após um fim de semana violento, no qual um jovem morreu e um policial ficou ferido, informou a Polícia Militar (PM) à Agência Efe.

Um policial ficou ferido, dois veículos foram incendiados e uma base da Unidade de Polícia Pacificadora foi atacada na noite de domingo por membros de uma facção do tráfico em represália pela morte de um jovem durante uma troca de tiros e a prisão de um suposto membro do grupo, informou a PM.

Os traficantes dispararam contra a base da UPP e uma das balas alcançou a torre de luz, provocando um incêndio em parte do módulo e em uma viatura estacionada ao lado da unidade.

O PM Anderson Araújo de Souza ficou ferido e foi transferido para um hospital, e seu estado é considerado estável.

Apesar de a segurança ter sido reforçada hoje, um novo enfrentamento entre policiais e traficantes foi registrado esta manhã e dois adolescentes foram detidos.

O Complexo do Alemão já tinha recebido reforços policiais este ano como parte da operação para garantir a segurança da cidade durante a Copa do Mundo.

Desde a instalação das UPPs nas principais comunidades cariocas que eram controladas pelo tráfico os índices de criminalidade caíram significativamente, mas os quartéis policiais se transformaram em alvo de ataques de traficantes que tentam recuperar o terreno perdido.

 

EFE