Segundo colocado quer assumir prefeitura no Sertão

Segundo colocado quer assumir prefeitura no Sertão

O segundo colocado nas eleições municipais de 2012 em Marizópolis, Abdon Lopes (PSB), irá acionar a Justiça eleitoral, ainda nesta quinta-feira (04), para assumir a prefeitura da cidade, após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na ultima terça-feira (02), que rejeitou recurso do prefeito José Vieira contra decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), que cassou o seu mandato por improbidade administrativa.

Abdon está em João Pessoa acompanhado do seu candidato a vice José Geraldo Gomes (Nego do Peixe) e do assessor Janemarcio da Silva (PT). Em contato com a reportagem do Portal MaisPB, ele disse que sua assessoria jurídica irá provocar o TRE-PB para que o órgão tome ciência da decisão do STF.

Na ação, os advogados alegam que as eleições de 2012 em Marizópolis foram “viciadas” pelo fato de José Vieira ter disputado o pleito resguardado em uma liminar, já que o juiz da 35ª zona eleitoral de Sousa e o próprio TRE-PB negaram o seu registro de candidatura.

José Vieira conseguiu seu registro apenas nos embargos de declaração, mas como o STF - corte suprema da Justiça brasileira, rejeitou todos os recursos do prefeito, Abdon acredita que tem o direito de assumir o cargo.

Entenda o caso

José Vieira da Silva está na iminência de perder o cargo por ter pago em 1998 matéria em jornal estadual para divulgação de inauguração de obra. A despesa custou R$ 3.900 e rendeu condenação no Tribunal de Justiça da Paraíba a perda dos direitos políticos e inabilitação para exercício de funções públicas por cinco anos.

Na ultima terça-feira, o STF julgou o último recurso da defesa de José Vieira, rejeitou o embargo e devolveu o processo para execução do TJ, a quem cabe agora a decisão de afastar ou não o prefeito do cargo 16 anos depois do fato julgado.

Cristiano Teixeira - MaisPB