Secretário de segurança critica leis para quem explode bancos: ‘no 1º mundo, isso é terrorismo’

Secretário de segurança critica leis para quem explode bancos: ‘no 1º mundo, isso é terrorismo’

Em entrevista ao programa Rádio Verdade, da rádio Arapuan, desta terça-feira (27), o secretário de Segurança e Defesa Pública, Cláudio Lima, falou sobre um crime que se tornou comum na Paraíba, a explosão de agências bancárias. Para ele, são diversos fatores que fazem facilitam a prática do crime, a começar pelas leis que tratam esse delito como roubo qualificado.

“Aqui no Brasil esses criminosos não ficam muito tempo na cadeia, enquanto isso, no primeiro mundo, esse crime é considerado terrorismo e a pena é muita alta, contou.

Além das leis, Cláudio listou o baixo investimento nas agencias bancárias por parte dos banqueiros e a facilidade em conseguir explosivos de maneira ilegal no país. Sobre a violñecia exorbitante no último final de semana no Estado, o secretário garantiu que já esta traçando um plano de ação para que isso não ocorra novamente.

“Temos que ter a humildade de reconhecer a situação e mudar nossa linha de atuação para garantir a segurança da população”, avaliou.

O secretário exaltou a formação de 80 policiais militares e bombeiros que aconteceu na última segunda-feira (26) como uma maneira de combater a violência e assegurou que o governo continuará contratando mais profissionais da segurança pública. Ele contou que a Paraíba é um dos poucos Estados que ainda está contratando, apesar da crise financeira do país.

“Temos observado a necessidade de fazer algo diferente e nós vamos partir pra cima do problema”, arrematou.

 

 


Yves Feitosa