Seca coloca os 18 municípios do Vale do Piancó em situação de emergência, diz Integração Nacional

Seca coloca os 18 municípios do Vale do Piancó em situação de emergência, diz Integração Nacional
Cento e noventa e sete municípios da Paraíba, entre eles os 18 que compõe o Vale do Piancó, estão em situação de emergência devido aos problemas ocasionados pela seca, de acordo com avaliação do Ministério da Integração Nacional.
 
O estado é o segundo da Região Nordeste com maior número de ocorrências, perdendo apenas para o Piauí, que tem 202 municípios em situação crítica.
 
O relatório da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil tem como objetivo o reconhecimento de áreas que se encontram em situações de emergência ou estado de calamidade pública.
 
O Ministério da Integração analisou 197 municípios paraibanos e considerou que todos eles estão em situação de emergência. Relatório divulgado pelo órgão aponta a falta de chuvas como elemento motivador dos problemas detectados no estado. O estudo foi realizado entre janeiro e junho deste ano.
 
Em todo o Nordeste, foram mais de mil municípios considerados em situação de emergência. O estado com maior número de ocorrências é o Piauí: 202 municípios reconhecidos. Em segundo lugar vem a Paraíba, seguida por Pernambuco, que registrou 190 casos. O Ceará aparece na quarta colocação, com 169 municípios prejudicados; logo em seguida o Rio Grande do Norte, com 160. A Bahia ocupa a sexta posição, com 159 municípios em emergência. Alagoas, Sergipe e Maranhão têm, respectivamente, 43, 17 e 14 municípios prejudicados pela estiagem.
 
Em estados de outras regiões, a situação crítica foi provocada por inundações, deslizamentos, chuvas intensas, enxurradas, erosões, alagamentos, vendavais e tornados.
 
Somente não foram divulgados os resultados obtidos Amapá, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Roraima e Tocantins.
 
 
 
Da Assessoria