SECA: Ricardo deixa de investir R$ 108 milhões e agrava drama do povo sertanejo

SECA: Ricardo deixa de investir R$ 108 milhões e agrava drama do povo sertanejo

O deputado estadual José Aldemir (PEN) se posicionou contra a proposta de liberar águas do açude de Boqueirão para abastecero município de Sousa, no Sertão paraibano.

José Aldemir explica que a posição contrária não se deve à falta de reconhecimento da importância do município para o estado. O parlamentar explica que o açude de Boqueirão, reduzido atualmente a 13% de sua capacidade, não terá água suficiente sequer para garantir o abastecimento das cidades que já atende. “Se levarmos em conta o assoreamento do açude, considerando o limite de água com a garantia da qualidade para o consumo humano, sem trazer doenças e qualquer transtorno patológico para os consumidores, a capacidade de Boqueirão será reduzida ainda mais”, explicou.

Apesar de ser contra o abastecimento de Sousa com as águas de Boqueirão, José Aldemir apresentou o que pode ser, ao menos em parte, a solução para o abastecimento de água na “Terra dos Dinossauros”. O parlamentar defende a perfuração de poços artesianos no município. “Nós parlamentares entregamos ao governador Ricardo Coutinho (PSB) R$ 108 milhões, fruto das emendas individuais dos deputados, para resolver os problemas da seca, que assola o Sertão”, lembrou Aldemir.

“O governador ainda não utilizou nem um centavo deste dinheiro, então por que não utilizar estes recursos para perfuração de poços artesanais nos municípios que sofrem com a seca, se não vai sanar o problema, dará para resolver a situação enquanto a transposição do rio São Francisco não é concluída”, defendeu.

 

Fonte: polemicaparaiba