Seap e Polícia Militar encontram celulares, facas e espetos do presídio do Serrotão

Seap e Polícia Militar encontram celulares, facas e espetos do presídio do Serrotão

A Secretaria da Administração Penitenciária realizou mais uma operação de segurança na Penitenciária Raymundo Asfora (Serrotão), em Campina Grande, nesta terça-feira (16). A operação aconteceu em trabalho conjunto com policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e do Grupamento de Ações Táticas Especiais (GATE), ambos da Polícia Militar. 

Na ação, foram apreendidos 15 aparelhos celulares, 20 baterias de celular, facas e espetos de fabricação artesanal. Uma pequena quantidade de maconha também foi apreendida. De acordo com o secretário da Administração Penitenciária, Wallber Virgolino, a intervenção teve como objetivo desarticular eventuais planos de fuga na unidade. 

“Final de ano é um período sempre delicado, já que é um dos mais escolhidos por alguns presos para tentar fugir. A atenção continua redobrada”, disse o secretário. Outras unidades prisionais do estado também deverão realizar procedimento semelhante. 

O último registro de fuga no presídio do Serrotão aconteceu em janeiro de 2011. “Ou seja, estamos há quase quatro anos sem fugas naquela unidade. Já podemos dizer que batemos um recorde, porque a incidência de fugas naquela unidade era muito grande”, lembrou Wallber. 

A Seap vem adotando várias medidas preventivas que têm contribuído para a diminuição desse tipo de ocorrência, a exemplo do sistema de monitoramento por câmeras, implantado recentemente naquela penitenciária.



 

Secom-PB