Scanner corporal de presídio da PB flagra mulher com corrente de prata nas partes íntimas

Scanner corporal de presídio da PB flagra mulher com corrente de prata nas partes íntimas

Uma mulher foi flagrada na manhã deste domingo (17) tentando entrar na Penitenciária Flósculo da Nóbrega, no Presídio do Roger, em João Pessoa, com uma corrente de prata nas partes íntimas. Ela foi pega ao passar pelo scanner corporal, instalado na unidade há mais de ano.

De acordo com o diretor do presídio, Lincon Gomes, a mulher estava na unidade para visitar o filho que responde por assalto. O jovem está na unidade desde janeiro deste ano.

“Quando passou body scanner, o equipamento apontou algo estranho no corpo da mulher. Ela não quis retirar o material no presídio daí foi levada para um hospital onde foi retirada a corrente de prata nas partes íntimas da mulher”, comentou o diretor.

A mulher foi liberada porque o material achado não configura crime. Ela está suspensa de ver o filho por seis meses.

 

 

 

 

 

Hyldo Pereira