Saúde e Educação: Secretário destaca investimentos de cerca de R$ 200 milhões em áreas prioritárias em toda a PB

Saúde e Educação: Secretário destaca investimentos de cerca de R$ 200 milhões em áreas prioritárias em toda a PB

O secretário de Desenvolvimento e Articulação Municipal, Waldson Dias de Sousa destacou, em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, o volume de recursos investidos nos últimos três anos pelo Governo do Estado em áreas prioritárias como saúde e educação como também no social. Além dos investimentos o secretário também destacou a parceria vem sendo mantida com 220 municípios paraibanos.

Ele explicou  que a Secretaria de Desenvolvimento e Articulação Municipal tem o papel de articular e assessorar todos os municípios do Estado. “Já temos 220 municípios conveniados com o governo em obras nas áreas de educação, saúde, infra-estrutura e desenvolvimento humano como também outras áreas sociais”, disse Waldson.

Waldson Sousa destacou que o objetivo agora é fazer a conclusão dos convênios que estão em curso e outros que  foram renovados “ para que possamos até fevereiro mostrar como anda a contrapartida solidária e a consolidação dos indicadores em cada região”, justificou.

O secretário deixou claro que os convênios tem que definir prioridades “ e  estamos focados nisso”, afirmou. Ainda este mês, segundo o secretário,  estas informações estarão sendo consolidadas  “ e vamos definir, junto com a  equipe econômica e do governador as principais prioridades para cada região e  em cada município”, destacou ao deixar claro  que os valores dos convênios para este ano  ainda não foram anunciados,  ‘ justamente porque quem faz a disponibilização de recursos é a equipe econômica”, comentou o secretário.

Waldson Sousa afirmou que agora o trabalho da equipe técnica é justamente cuidar para levar a melhor  informação ao governo sobre onde é melhor investir, “para a gente não ter investimentos cruzados, onde o governo federal pode aplicar. Logicamente o Estado entrará em outra frente. Não queremos investimentos duplicados. Estamos conversando com os prefeitos sobre isso, para evitar este tipo de problema,”, explicou o secretário,  ao destacar  que as áreas de Saúde, educação, e sociais são as prioritárias e de maior necessidade.   

Ele deixou claro que esse orçamento não é composto somente com recursos do tesouro estadual. “Teremos que ir atrás de recursos do Governo Federal para complementar. Desde 2011 estamos com convênios em execução. Estamos próximos da conclusão de muitos. Na área de  Saúde tivemos a  grande aquisição de ambulâncias,  equipamentos hospitalares e na Educação o destaque é para investimentos em reformas e ampliação de escolas”, finalizou Waldson Sousa.  

 

 
 
 


Paulo Cosme