Salário mínimo necessário é de R$ 3.795,24, segundo Dieese

Salário mínimo necessário é de R$ 3.795,24, segundo Dieese

R$ 3.795,24: é este o valor do salário mínimo necessário "para suprir as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência".

O cálculo é feito mensalmente desde 1994 pela Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) com base em valores da cesta básica.

O número de janeiro é o mais alto da série histórica e representa alta de 276 reais (ou 7,4%) em relação ao valor de dezembro (R$ 3.518,51).

Mas na época, o salário mínimo necessário era 4,4 vezes maior que o do salário mínimo real na época (R$ 788). No momento, o salário mínimo necessário é 4,3 vezes maior do que o salário mínimo atual (R$ 880).

Isso porque o salário mínimo começou 2016 com reajuste de R$ 92 ou 11,6%.

A lei determina que o reajuste anual do salário mínimo tem como base a soma da variação do INPC (inflação para população de baixa renda) no ano anterior, acrescido da taxa de crescimento real do PIB dois anos antes.

Em janeiro de 2015, o valor necessário para suprir todas as despesas básicas era de R$ 3.118,62, ou 3,95 vezes o salário mínimo da época (R$ 788).

Veja o valor do salário mínimo nominal e necessário nos últimos meses:

salario-1.jpg

E o valor do salário mínimo nominal e necessário nos meses de janeiro dos últimos 21 anos:

 

180 Graus