São João tem 74 presos em 21 cidades e 113 pedras de crack recolhidas na Paraíba

São João tem 74 presos em 21 cidades e 113 pedras de crack recolhidas na Paraíba

 A Polícia Militar divulgou o balanço parcial das ações realizadas entre a noite de sexta-feira (20) e manhã desta segunda-feira (23) em todo estado, período em que o policiamento foi intensificado com a operação São João. Ao todo, 74 pessoas foram presas e apreendidas em 21 cidades paraibanas, 16 delas por crimes contra a vida. Os dados apontam ainda que oito armas de fogo foram retiradas de circulação neste período, três delas com autores de homicídio e roubo.

 

No total, 16 pessoas foram detidas suspeitas de praticar crimes contra a vida (tentado ou consumado), 12 por roubo, nove por tráfico de drogas, nove por ameaça, sete por violência doméstica, cinco por porte ilegal de arma, cinco por agressão física, duas por receptação, duas por estupro, duas por desacato, duas por força de mandado de prisão, uma por embriaguez, uma por lesão corporal e uma por estelionato.

As prisões e apreensões aconteceram nas cidades de João Pessoa (23), Campina Grande (12), Sousa (5), Bayeux (5), Guarabira (4), Monteiro (4), Cabedelo (2), Itaporanga (2), Patos (2), Santa Rita (2), Sertãozinho (2), Mamanguape (2), Solânea (1), Alhandra (1), Alagoa Grande (1), Mogeiro (1), Nova Floresta (1), Tacima (1), Soledade (1), Esperança (1), Cajazeiras (1).

O balanço mostra ainda que durante as abordagens e ações preventivas nos municípios, foram apreendidas 113 pedras de crack e 52 papelotes de maconha. Cinco veículos também foram recuperados durante as rondas.

O policiamento continuará intensificado nesta noite de véspera e dia de São João, com incremento de efetivo na cidade de Campina Grande, onde começa o Circuito do Forró, que levará atrações musicais aos bairros do município.

De acordo com o coordenador de comunicação social e marketing da Polícia Militar, major Cristóvão Lucas, as ações continuarão até a madrugada da próxima quarta-feira (25) e mais de 7 mil policiais militares estão atuando de forma preventiva em todo estado, com reforço maior nas cidades que realizam festejos de São João. Todas as modalidades de policiamento foram empregadas para garantir a segurança no período.

 

Portal Correio