Ruy diz que Lava Jato prova que ninguém está acima da lei

Ruy diz que Lava Jato prova que ninguém está acima da lei

O presidente  do PSDB na Paraíba, Ruy Carneiro, comentou a repercussão da 24ª fase da Operação Lava Jato, que investiga o ex-presidente Lula. Para o tucano, o momento é delicado e pede muita cautela, mas sobretudo respeito ao trabalho da Polícia Federal e do Ministério Público Federal que mostram que ninguém está acima da lei.

Ele disse que a estratégia do Partido dos Trabalhadores de transformar o desdobramento de uma operação extremamente importante para o País em um fato político, acusando a oposição de está por trás disso é o discurso de quem não tem como se defender das acusações.

“O que levou o ex-presidente Lula a ser intimado para depor com mandado de condução coercitiva foi o aprofundamento das investigações sobre os desvios de verbas da Petrobras. A oposição não tem nada a ver, e não teria nenhum poder de influenciar nas investigações ou decisões da PF ou do MPF. No momento em que o PT alega que Lula é um preso político e convoca a militância a ir às ruas ‘reagir’ mostra que não tem argumentos para defesa e ainda busca um caminho perigoso ao incitar o confronto com total desrespeito às instituições. Isso é lamentável e não sabemos onde vai dar”, afirmou Ruy.

O tucano se refere à convocação de lideranças petistas, inclusive na Paraíba, chamando militantes para manifestações e inflamando o já tenso clima entre os que apoiam a operação e os que criticam a ação da Força tarefa acusando de golpe.

“Não existe golpe. O que existe é o avanço de uma investigação que ainda não chegou ao seu desfecho. Muitas lideranças petistas estão repetindo como um mantra que se queriam que Lula fosse depor bastava chamar. Ora, todos sabem que ele foi convocado duas vezes, disse que não iria e realmente não foi”, disse Ruy.

Ele lembrou que as acusações contra o ex-presidente são graves e precisam ser apuradas porque ninguém está acima da lei, como bem repetiram os membros da Força Tarefa em entrevista coletiva.

 

 

 

 

 

Paraíbaonline