Ruy Carneiro diz que situação da presidente Dilma é insustentável

Ruy Carneiro diz que situação da presidente Dilma é insustentável

O presidente do PSDB, Ruy Carneiro, considerou a instalação da Comissão Especial de Impeachment pela Câmara dos Deputados um momento importante para ao País, principalmente depois dos últimos acontecimentos revelados pelas gravações da Polícia Federal, tornadas públicas ontem (16), depois que o juiz Sérgio Moro quebrou o sigilo do processo que investiga o ex-presidente Lula.

 

“Como se não bastasse todo o embasamento jurídico que já existe no pedido de impeachment, o que vimos ontem foi que a presidente Dilma não tem mais nenhuma condição de continuar no cargo. É uma situação insustentável. As gravações mostram claramente que ela cometeu crime de responsabilidade ao tentar interferir na Justiça ao nomear o ex-presidente para lhe garantir foro privilegiado e evitar que ele fosse preso pela operação Lava Jato”, afirmou o tucano.

 

Ruy chamou atenção para o momento delicado que o País atravessa e pediu que as pessoas mantenham a serenidade e exerçam o direito de protestar contra o governo, mas sempre de forma pacífica para evitar confrontos com aqueles que se manifestam a favor. “O País não pode se transformar num palco de guerra. Vamos aguardar que o processo transcorra no Congresso como manda a Constituição”, alertou.

 

A Câmara dos Deputados seguiu o rito determinado pelo Supremo Tribunal Federal, e em votação aberta aprovou por 433 votos a 1 a instalação da comissão especial do impeachment. A presidente será notificada e terá dez sessões para apresentar a defesa.

 

 

 

 

 

Assessoria