Ruy Carneiro critica criação do TCM e diz que dinheiro deveria ser gasto com saúde e segurança

Ruy Carneiro critica criação do TCM e diz que dinheiro deveria ser gasto com saúde e segurança

A polêmica em torno da criação do Tribunal de Contas dos Municípios cresce cada dia mais. E quanto mais cresce mais reação contrária o governador Ricardo Coutinho enfrenta. Entidades como CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) e CUT (Central Única dos Trabalhadores) já se posicionaram totalmente contra.

Na Assembléia Legislativa não há consenso nem mesmo na base do governo. E a oposição já se manifestou contrária à criação do novo órgão desde o início. Para o presidente do maior partido da oposição (PSDB), deputado Ruy Carneiro, a criação do TCM é um absurdo no momento econômico que a Paraíba enfrenta.

“O governador aumentou impostos, demitiu servidores, alega que falta recursos para investir em segurança e saúde, duas áreas fundamentais para a população e que enfrentam graves problemas, mas de repente quer gastar com a criação de um tribunal que vai gerar não apenas uma despesa de instalação, mas uma despesa permanente para sua manutenção”, declarou o tucano. “Se o governo tem dinheiro porque não investe em saúde e segurança para amenizar as dificuldades da população?”, questiona.

Ruy Carneiro mencionou ainda que a opinião pública está atenta aos acontecimentos e que o cidadão cada vez mais fiscaliza e cobra dos gestores responsabilidade com o dinheiro público. “Criar um TCM é desviar os recursos que deveriam ser gastos para atender o interesse público em função de um interesse privado, pois só interessa ao governador e um grupo de pessoas cotadas para assumir os cargos de conselheiros, com altos salários e vitaliciedade”, encerrou o presidente do PSDB.

 

 

Assessoria