Roosevelt deixa UTI e é transferido para um quarto do Hospital Sírio Libanês

Roosevelt deixa UTI e é transferido para um quarto do Hospital Sírio Libanês

Uma semana após ser internado no Sírio Libanês, em São Paulo, com o quadro de paralisia no pâncreas, o advogado e suplente de senador Roosevelt Vita deixou a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) nesta terça-feira (20) e foi transferido para um quarto do hospital. A boa notícia foi confirmada pelo seu filho Jonathan Vita.

Segundo ele, Roosevelt está lúcido e conversando normalmente com os familiares, inclusive querendo se inteirar dos assuntos da Paraíba, sobretudo como anda a campanha da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional paraibana. Como se sabe, Vita apóia a candidatura do advogado Paulo Maia, que concorre a presidência da Ordem da Paraíba pela oposição.

Roosevelt foi internado no último dia 9 no Hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa, com diagnóstico de um processo de infecção urinária. No dia seguinte, ele passou por uma série de exames com indicativa de paralisia do pâncreas. Este quadro impediu a transferência para Recife ou outro centro de saúde.

Porém, no dia 12, em vôo fretado para São Paulo, o advogado Roosevelt Vita foi internado no Sírio Libanês, onde recebe os cuidados do médico Roberto Kalil e equipe.

 

 


Marcone Ferreira