Romero admite sair do PSDB para se alinhar com o Governo Federal

Romero admite sair do PSDB para se alinhar com o Governo Federal

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, revelou, nesta terça-feira (27), que não tem pressa para deixar o PSDB como vem sendo especulado nos bastidores da política paraibana. Ele não descartou deixar o ninho tucano, mas ressaltou que a decisão está sendo analisada de forma sensata e ouvindo amigos e aliados.

“Não existe pressa. É uma decisão discutida com maturildade, sem atropelo, açodamento, pensando numa necessidade que é o bem de Campina Grande”, afirmou.

Romero admitiu que a sua possível saída do PSDB visa exclusivamente uma relação mais amistosa com o Governo Federal.

“O PSDB não me incomoda, só tem amigos no partido. Mas, se puder migrar para um partido onde possa construir uma relação mais próxima com o Governo Federal e manter um bom leque de alianças para as eleições municipais de 2016 comunga com a questão administrativa e política. Caso saia será uma decisão apenas para abrir um horizonte administrativo maior”, afirmou.

O provável destino do prefeito é o PSD, presidido nacional pelo ministro das cidades, Gilberto Kassab. No entanto, mesmo admitindo a saída do PSDB, Romero não citou nomes de partidos que pode se filiar.