Romário x Ronaldo: "dependendo do jogo, não mudo de lado"

Romário x Ronaldo: "dependendo do jogo, não mudo de lado"

O deputado federal Romário (PSB) criticou o ex-jogador Ronaldo, que fez críticas recentes ao governo federal e passou a apoiar abertamente o projeto eleitoral do senador Aécio Neves (PSDB), mudando o tom de suas declarações sobre a Copa do Mundo no país.

"Todo mundo sabe minha bandeira. Não mudo de lado dependendo de como está o jogo", afirmou.

Como de costume, Romário criticou a organização da Copa do Mundo, mas afirmou prometer se transformar em torcedor "quando a bola rolar".

"Qualquer brasileiro consciente entende que a Copa não foi positiva. Mas isso não significa que a gente vá deixar de torcer. A gente é brasileiro e ama futebol. A gente tem que torcer. Espero que dentro de campo a gente consiga a vitória", disse.

Em entrevista à Reuters, no final da semana passada, Ronaldo disse que se sentia envergonhado pelo atraso nas obras da Copa. O comentário gerou uma resposta direta da presidente Dilma Rousseff: "Tenho orgulho das nossas realizações, não temos do que nos envergonhar e não temos o complexo de vira-latas, tão bem caracterizado por Nelson Rodrigues se referindo aos eternos pessimistas de sempre", disse. O ministro Aldo Rebelo, dos Esportes, também afirmou que Ronaldo chutou a bola contra o próprio gol.

Ao Valor, o ex-jogador reafirmou que, para ele, a Copa foi uma grande oportunidade perdida: "Tínhamos tudo para entregar os investimentos prometidos ao povo”. Ele também assumiu de vez sua preferência pelo presidenciável tucano, embora afirme que tem uma ótima relação com a presidente Dilma Rousseff e com o ex-presidente Lula: “Sempre tivemos uma amizade muito forte e agora vou apoiá-lo. É meu amigo, confio nele e acho que é uma ótima opção para mudar o nosso país”.


Brasil247