RN registra quarta noite seguida de ataques criminosos

RN registra quarta noite seguida de ataques criminosos

 

O Rio Grande do Norte já passa pela quarta noite seguida de ataques criminosos. Entre a noite de segunda (1º) e a manhã desta terça (2), novos atentados aconteceram em Natal e região metropolitana, além de cidades do interior. A instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária de Parnamirim é apontada pelo governo como motivo dos ataques. Desde sexta (29), já foram registrados 74 atentados no estado.

Em Macaíba, na Grande Natal, um carro foi incendiado em uma estrada carroçável. A polícia ainda não sabe se o caso tem ligação com os recentes atentados. Na capital potiguar, criminosos pularam o muro de um depósito da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap), localizado na Av. Capitão Mor Gouveia, no Bom Pastor, e incendiaram quatro carros que iriam para leilão. Os bombeiros conseguiram apagar o fogo. Na fuga, os bandidos trocaram tiros com os vigilantes do depósito. Já no bairro do Planalto, dois homens foram presos com um coquetel molotov. Segundo a polícia,a dupla iria atacar a base da PM do bairro. Com isso, chega a 67 o número de presos suspeitos de envolvimento com os ataques que vêm acontecendo no estado.

Em Lagoa Nova, no Seridó potiguar, o alvo foi a garagem da prefeitura. O fogo atingiu uma retroescavadeira e outro veículo. Em Pendências, um ônibus escolar estacionado no pátio da Secretaria de Educação foi incendiado.

A delegacia da cidade de Jardim do Seridó também foi alvo dos ataques. Os criminosos incendiaram veículos estacionados no pátio, mas o fogo também atingiu o prédio. Em Tenente Laurentino Cruz, bandidos tentaram incendiar a prefeitura.

Ônibus
Os ônibus urbanos de Natal começaram a sair das garagens às 5h30 desta terça (2). De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro/RN), 70% da frota está nas ruas. Nilson Queiroga, consultor técnico do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Município (Seturn), informou que toda a frota deve estar nas ruas até às 10h e que a situação deve ser normalizada, caso não haja novos ataques criminosos.

Segundo o Seturn, nove ônibus já foram atacados somente em Natal. Os prejuízos já passam dos R$ 2 milhões. A frota de ônibus na capital potiguar é composta por 712 veículos, que são utilizados diariamente por mais de 700 mil pessoas.

Prisões e transferências
Com a prisão dos dois homens na base da PM do Planalto, chega a 67 o número de presos suspeitos de envolvimento com os ataques que vêm acontecendo no estado. Nesta segunda, cinco detentos apontados pelo Governo do Rio Grande do Norte como chefes da facção criminosa que reivindica os ataques foram transferidos para a penitenciária federal de Mossoró.

De acordo com o governador Robinson Faria, os presos transferidos foram identificados pelo setor de inteligência da polícia potiguar após terem celulares monitorados. Ainda de acordo com o governador, outros vinte detentos serão transferidos para presídios federais em breve.

G1