Ricardo recebe consulesa e discute intercâmbio comercial com Cuba

Ricardo recebe consulesa e discute intercâmbio comercial com Cuba
O governador Ricardo Coutinho recebeu, na tarde desta quarta-feira (22), a consulesa cubana Laura Ivet Pujol Torres, que fez uma palestra para empresários paraibanos com a finalidade de abrir o mercado entre Cuba e o Estado da Paraíba.  A reunião aconteceu no Salão Azul do Palácio da Redenção.
 
O objetivo da visita da consulesa cubana foi aproximar os negócios nos setores de turismo, medicamentos e agroindustrial entre outros, propiciando um melhor entendimento entre a economia cubana e a economia paraibana. Para o governador Ricardo Coutinho, Cuba vai poder negociar livremente com os outros países, principalmente com o Brasil e que a Paraíba precisa se inserir nesse contexto, “porque nós temos uma relação constituída e espero que os empresários paraibanos passem a vender seus produtos em Cuba”.
 
O governador comentou que Cuba vem consumindo cada vez mais cimento, e a Paraíba vem trabalhando para ser o segundo maior produtor de cimento do país. Ele disse que a Paraíba tem empresas potentes na produção de cimento e tem interesse em entrar nesse mercado porque, depois do fim do bloqueio, Cuba vai ter capacidade de fazer compras diretas de diversos produtos.
 
“É fundamental para nossas agências de viagem ter um destino trabalhado para Cuba, que é bem procurado no mundo inteiro. Enfim, o que nós estamos tratando aqui é de negócios, buscando facilitar tudo isso e o governo pode e deve facilitar esse caminho. Eu tenho negociado diretamente com indústrias para trazê-las para o Estado, tenho insistido para que a Fiat olhe para Cabedelo, que vai ser bem melhor para a indústria e para a cidade portuária”, ressaltou Ricardo, adiantando que sua luta é para que o Estado se consolide como uma força econômica.
 
O governador disse, ainda, que a posição de Cuba em relação aos mercados da América do Norte, América Central e América do Sul é estratégica porque Cuba está a cem quilômetros de Miami. E observou que a aproximação de Cuba e Estados Unidos talvez seja o fato mais importante dos séculos XX e XXI. E lembrou que em 2011 fez uma missão comercial a Cuba, momento em que algumas “portas” foram abertas para setores empresariais da Paraíba trazendo bons frutos para o Estado. “A presença da consulesa cubana na Paraíba é de suma importância porque nós temos relações amistosas e respeitosas com Cuba, desde a luta anterior ao Programa Mais Médicos”, afirmou.
 
Palestra – Em sua palestra, a consulesa Laura Ivet apresentou o modelo socialista econômico cubano, e o Porto Mariel, enfatizando os câmbios cubanos, além de mostrar as oportunidades de negócios que acontecerão na próxima Feira Internacional de Havana, onde ela disse esperar contar com a presença de empreendedores da Paraíba. Ela informou também que as relações com Cuba estão mais fortes no Sul e Sudeste, mas disse que sua visita visa estender e fortalecer as relações comerciais com todos os estados do Nordeste, principalmente com a Paraíba, que já é um parceiro de Cuba.
 
 
 
Secom