Ricardo prestigia ato realizado pelo PSB em homenagem à memória de Eduardo

Ricardo prestigia ato realizado pelo PSB em homenagem à memória de Eduardo

“Eu quero representar o seu sonho e o seu desejo de um Brasil melhor. É preciso coragem pra mudar. Não vamos desistir do Brasil". A frase do ex-governador Eduardo Campos (PSB), estampada em uma grande faixa, traduzia o sentimento da militância do Partido Socialista Brasileiro (PSB) que, na noite desta sexta-feira (15), realizou um ato público na orla marítima de João Pessoa em homenagem à memória do presidente nacional da legenda, que faleceu na última quarta-feira (13), vítima de uma trágico acidente aéreo no Litoral paulista.

 

Vestidas de branco, centenas de pessoas caminharam pelo calçadão da orla, embaladas pela marchinha ‘Madeira que cupim não rói’, domúsico pernambucano Capiba. Ainda consternados com a morte trágica do ex-governador, os socialistas partiram do Busto Tamandaré em direção à Feirinha de Tambaú, onde fizeram um minuto de silêncio, acenderam velas e soltaram balões brancos em homenagem a Eduardo Campos.

 

Amigo pessoal de Eduardo, o governador Ricardo Coutinho (PSB) participou da homenagem e, bastante emocionado, disse que a morte do companheiro de partido deixou a política brasileira mais pobre em termos de relações republicanas e humanas. “As simbologias que Eduardo trazia consigo, como coragem, determinação e sonhos, nos alimentava a buscar esses sonhos, sejam eles possíveis, ou não”, frisou.

 

Ricardo fez questão de destacar o apoio dado por Eduardo Campos ao desenvolvimento da Paraíba. “Como ministro da Ciência e Tecnologia, ele contribuiu para construção da Estação Cabo Branco. Como governador de Pernambuco, foi decisivo para a instalação da fábrica da Fiat na divisa com a Paraíba, beneficiando com isso o nosso Estado. Infelizmente, não teremos Eduardo presente fisicamente em nossa campanha como em 2004 e 2010, mas certamente estaremos com ele espiritualmente”, disse o governador paraibano. “Como ele bem disse, não vamos desistir do Brasil”, emendou o candidato à reeleição pela coligação ‘A Força do Trabalho’.


Presente à homenagem, o presidente do PSB de João Pessoa, Ronaldo Barbosa, afirmou que Eduardo Campos representava o caminho das mudanças e enalteceu a maneira como ele defendia o Nordeste brasileiro. Militante histórica da legenda socialista na Paraíba, Alba Lígia lembrou de sua convivência com Eduardo e o seu, o ex-governador de Pernambuco, Miguel Arraes, que faleceu há nove anos, exatamente no dia 13 de agosto 2005. “É importante transformarmos a dor em força, para que possamos manter vivo o legado de Eduardo e do seu avô”.

 

Assessoria