Ricardo diz que não leva desaforo para casa e que Cunha usou a Paraíba como palanque

Ricardo diz que não leva desaforo para casa e que Cunha usou a Paraíba como palanque

O governador Ricardo Coutinho (PSB) voltou a falar no seu programa semanal de rádio, Fala Governador, na Tabajara FM, sobre as acusações deferidas contra ele pelo presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ricardo lembrou que o presidente da Câmara também enfrentou protestos nas cidades de São Paulo e Rio Grande do Sul e nem por isso, fez qualquer acusação aos governadores destes estados ou a qualquer outra autoridade.

O peemedebista, em passagem pela Paraíba semana passada, acusou o governador de omisso por não permitir a entrada da PM na Assembleia Legislativa durante protesto. Ricardo disse que não é de levar desaforo para casa e que na verdade Eduardo Cunha usou a Paraíba como palanque para promover o debate nacionalmente entre o PMDB e o PT.

“Quem ouve as suas declarações, percebe claramente que é como se ele tivesse vindo para fazer isso. Se ele está passando por canto e tem protesto e ele não fez nada, por que fez aqui? Por que ele tentou nacionalizar o debate? Por que tentou colocar a disputa dos dois partidos, PT e PMDB?”, indagou o governador.

O governador disse ainda que não poderia ouvir tais declarações e ficar sem responder.

“Aprendi em casa que não é possível levar desaforo para casa. Sou o governador da Paraíba e tenho as minhas responsabilidades. Este Estado e seu povo não podem ser desacatados como foi na sexta-feira passada. Respeito qualquer um que esteja presidente da Câmara Federal, agora não acho que a Paraíba vai servir de palco para este tipo de comportamento, sem que haja uma reação. Nós não aceitamos isso. Acho que o deputado Eduardo Cunha deve um pedido de desculpas ao estado e ao povo da Paraíba”.

 

 

 

Marcos Wéric