Ricardo diz não ter certeza de manutenção de aliança com PT e lembra do PMDB para 2016

Ricardo diz não ter certeza de manutenção de aliança com PT e lembra do PMDB para 2016

O governador Ricardo Coutinho (PSB), concedeu entrevista nesta sexta-feira, 22, ao programa Debate Sem Censura, da Rádio Sanhauá, e falou sobre a aliança com o PT para as eleições de 2016 e pela primeira vez disse não ter certeza da manutenção do acordo que foi feito em 2014. Ricardo lembrou ainda que também mantém uma aliança com o PMDB e que os peemedebistas precisam ser ouvidos.

Ricardo reafirmou que o foco deste ano é trabalhar e não dá para desviar esse foco, mas em 2016 o PSB vai querer saber quais são os planos do PT e de outros partidos aliados.

“Nós vamos discutir isso depois, vamos saber quais são os planos do PT e dos outros partidos aliados. Temos uma aliança com o PMDB também, uma convivência boa com PMDB, com o senador José Maranhão e isso precisa ser avaliado”, declarou afirmando que o PSB não tem certeza da manutenção da aliança com o PT, assim como “O PT não tem certeza que quer a aliança com o PSB”.

O governador disse que é preciso esperar 2016 chegar para avaliar como estarão as cidades e qual o melhor perfil para administrá-las.

“Qual o perfil que se encaixa melhor para a cidade avançar. Por que a política não pode ser vista com a lógica de manutenção de poder, tem que ser vista como instrumento de avanço. Avanço administrativo, avanço de políticas públicas, quem comande isso, se é do PSB ou de outro partido, não tem qualquer problema, agora o que queremos é avançar, não queremos o poder pelo poder, permanecer do jeito que estar e dizer que é partido A, B ou  C que governa. Eu quero saber é como estava, como está e como estará, é isso que é fundamental para nós do PSB”.

 

 

 


Marcos Wéric