Ricardo defende Dilma e chama protestos de “indignação santa”

Ricardo defende Dilma e chama protestos de “indignação santa”

O governador Ricardo Coutinho (PSB) voltou a defender, nesta segunda-feira (14), a presidente Dilma Rousseff (PT) das manifestações pedindo a sua saída do governo. Segundo ele, não existe nada contra a presidente.

Apesar da defesa, o governador reconhece que é grande insatisfação de setores da sociedade, mas minimizou os protestos e disse esperar que a “santa indignação” popular não coloque em risco garantias fundamentais do ser humano.

“O que posso dizer é que existe uma insatisfação grande de setores da população. A classe média e classe B, se sentem incomodadas, sobretudo pelo desemprego. A classe média alta e a rica, que se contrapõe ao valor da corrupção. Mas, é claro que existe um maniqueísmo ao lado desta santa indignação”, afirmou.

“A corrupção não começou de hoje. Que essa indignação santa não coloque em risco coisas adquirida ao longo do tempo, a exemplo do estado democrático de direito e o respeito à pessoa humana, é preciso respeitar as regras do jogo. Não posso ver o país se levantar contra regras estabelecidas, quando não se tem nada contra uma pessoa. Ninguém não pode pagar por erros dos outros, sendo parente ou amigo. Não existe nada contra a presidente Dilma”, acrescentou.

 

 

 

 

MaisPB