Ricardo Coutinho deverá contar com 18 deputados em sua base na ALPB

Ricardo Coutinho deverá contar com 18 deputados em sua base na ALPB
O governador Ricardo Coutinho (PSB), reeleito para mais um mandato nas eleições deste domingo (26), deverá contar, pelo menos, com 18 deputados aliados a partir do próximo ano.
 
Atualmente, o socialista conta com apenas 6 parlamentares em sua base de sustentação.
 
Em seu segundo mandato, Ricardo deve contar com o apoio dos deputados eleitos por sua coligação, Tião Gomes (PSL), Adriano Galdino (PSB), Ricardo Barbosa (PSB), Estelizabel Bezerra (PSB), Doda de Tião (PTB), Zé Paulo (PCdoB), João Bosco Carneiro Júnior (PSL), Lindolfo Pires (DEM), Buba Germano (PSB), Jeová Campos (PSB) e João Gonçalves (PSD).
 
O socialista também deverá engordar sua bancada com a chegada de outros parlamentares, a exemplo dos candidatos do PMDB, partido com quem firmou aliança no 2º turno. Ente os possíveis reforços, estão: Anísio Maia (PT), Frei Anastácio (PT), Inácio Falcão (PTdoB), Nabor Wanderley (PMDB), Gervásio Maia (PMDB), Galego de Sousa (PP). Outro que poderá se incorporar à bancada ricardista é o deputado Raniery Paulino, do PMDB, que adotou a postura de neutralidade neste 2º turno, mas teve seus pais fazendo campanha para o governador.
 
A oposição na Casa de Epitácio Pessoa deverá ser formada por Manoel Ludgério (PSD), Daniella Ribeiro (PP), João Henrique (DEM), Ricardo Marcelo (PEN), Edmilson Soares (PEN), José Aldemir (PEN), Dinaldinho (PSDB), Bruno Cunha Lima (PSDB), Branco Mendes (PEN), Camila Toscano (PSDB), Tovar (PSDB), Caio Roberto (PR), Jutay Meneses (PRB), Janduhy Carneiro (PTN), Genival Matias (PT do B), João Henrique (DEM), Arnaldo Monteiro (PSC) e Renato Gadelha (PSC).
 
Por Alexandre Freire