Ricardo Coutinho deposita R$ 21 milhões para 13º da UEPB e critica gestão: ‘se comporta como se não pertencesse ao Estado’

Ricardo Coutinho deposita R$ 21 milhões para 13º da UEPB e critica gestão: ‘se comporta como se não pertencesse ao Estado’

O governador Ricardo Coutinho (PSB) anunciou em coletiva no Palácio da Redenção que irá transferir $ 21 milhões para a Universidade Estadual da Paraíba para pagar o 13º salário dos professores e funcionários. Ricardo criticou a gestão da Universidade e afirmou que a crise que o UEPB vive é de “contaminação eleitoral”.

Ricardo cobrou coerência e maturidade da gestão da Universidade. “A UEPB é extremamente importante, é a universidade dos paraibanos. Mas se comporta como se não pertencesse ao Estado. Ora, se não tem fonte de arrecadação e recebe verba do Estado, é órgão do Estado. Precisa dialogar com as necessidades do estado como um todo”, disse.

“Não pode esperar que o Estado tenha R$ 21 milhões sobrando no final do ano. Não é assim. Vamos chegar num ponto que o Estado não poderá atender, não eu, o Estado. Imagina se o Estado não faz provisão durante o ano e aí fica sem dinheiro para pagar o 13º. Todo mundo sabe qual será a resposta da União se eu for pedir dinheiro para eles. É não!”, colocou.

Ricardo afirmou que fez muitos cortes em novembro para equilibrar o financeiro do Estado, mas também para sobrar dinheiro para enviar a UEPB. “Estou depositando hoje R$ 21 milhões na conta da Universidade, para sanar uma dívida que não é do Estado , é da UEPB. Agora cabe a administração correr para fazer o depóito na conta dos professores”, concluiu.




Pedro Callado