Ricardo Coutinho afirma que ‘PSB não quer cargos na PMJP e sim ações’

Ricardo Coutinho afirma que ‘PSB não quer cargos na PMJP e sim ações’

O governador Ricardo Coutinho (PSB) minimizou, nesta quarta-feira (14), o imbróglio criado com o PT pela recusa do PSB a participar da gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PT) na Prefeitura Municipal de João Pessoa. Ricardo ressaltou que os socialistas não querem cargos e sim ações.

“Não estou cobrando espaço, nem o PSB está cobrando espaço. O que o PSB quer é discutir ações, discutir melhorias na qualidade de vida e sonhos e que esses sonhos se transformem em realidade”, afirmou

O governador também negou que o seu partido esteja tentando realizar qualquer tipo de imposição na PMJP, negando a existência de um suposto plano de governo que será apresentado ao PT.

“O PSB não tem que impor nada, como também não aceita imposição de quem quer que seja. A lógica é essa: o PSB não pode impor nada a ninguém, nem vai impor a um parceiro como é o PT que governa a cidade de João Pessoa. Agora nós não aceitamos, como eu disse, imposição de absolutamente ninguém”, sustentou.

Ricardo também fez questão de ressaltar a aliança que o PSB com PT está consolidada, lembrando que vários petestitas ocupam cargos no Estado, como Lucélio Cartaxo (Diretor da Companhia Docas) e lenildo Morais (secretário de Agricultura Familiar).

O governador também culpou a imprensa pela “confusão” entre o PT e o PSB, com relação a cargos na Prefeitura da Capital.

“Esta confusão serve apenas para alimentar a imprensa neste mês de férias”, declarou.  

 



MaisPB