Ricardo Barbosa encerra discussão após alfinetar postura de Tovar

 Ricardo Barbosa encerra discussão após alfinetar postura de Tovar

O deputado estadual, Ricardo Barbosa (PSB), voltou hoje (01) a falar sobre a sessão em que ele e o deputado Tovar Correia Lima (PSDB) se estranharam por conta da aprovação de um requerimento que pedia ao governador Ricardo Coutinho (PSB) o envio de um projeto solicitando a criação do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) no Estado. Após falar por mais de 15 minutos, e ter sido interrompido pelo presidente Adriano Galdino (PSB), o socialista disse que não mais tocaria no assunto. 

Apesar disso, durante o discurso, Ricardo Barbosa alfinetou o colega de parlamento destacando que fora "achincalhado" por Tovar ao ser chamado de "destemperado". "Aquele incidente poderia ter sido mais um dos muitos que permeiam as casas legislativas não fosse por ter trazido razões que não soariam como razoáveis se pronunciadas publicamente. A única resposabilidade que me restou desse lamentável episódio foi a de ter recebido, da assessoria da Mesa, o requerimento de pedido da TCM".
 
O socialista ainda descreveu o episódio como "um exercício de encenação" da parte de Tovar e garantiu ter avisado o tucano sobre a ofício que chegara a Mesa Diretora, uma vez que ele secretariava os trabalhos comandados por Barbosa.
 
"Quero encerrar por definitivo, até porque trata-se de um discurso sem sustentação plausível, e quero buscar o abrigo da paz", continuou Barbosa, que não teve o pronunciamento acompanhado por Tovar.
 
 
 
Thais Cirino