Ricardo atribui exoneração de comissionados a rompimento com PSDB e descarta terrorismo

Ricardo atribui exoneração de comissionados a rompimento com PSDB e descarta terrorismo

O governador Ricardo Coutinho (PSB) confirmou que promoverá uma reforma na máquina do estado nos próximos dias. De acordo com o chefe do executivo estadual, as mudanças são naturais, já que alguns auxiliares irão disputar o pleito de outubro e outros deixaram o governo para abraçar o projeto político do PSDB.

“Tem um rompimento da aliança por parte do PSDB, tem deputados que nos 45 minutos deixaram a base do governo que precisa governar com quem acredita no projeto”, declarou.

O socialista também negou que as exonerações no estado passarão dos seis mil cargos. “Que conversa, vamos colocar o pé no chão. Além disso, tem setores que não vão entrar nisso, não tem terrorismo nenhum, há pessoas saindo por conta das circunstâncias”, disse.

Indagado se acreditaria em oportunismo de deputados que deixaram a base do governo no último momento, o governador acredita que sim. “Não só eu, mas a Paraíba toda acha”, falou.