Revoltados com assassinato, moradores ateiam fogo na residência de acusado, em São Bento

Revoltados com assassinato, moradores ateiam fogo na residência de acusado, em São Bento

O assassinato brutal de um jovem no bairro São Bernardo, em São Bento, no Sertão da Paraíba revoltou a população que ateou fogo à residência de um dos acusados. 

De acordo com informações, mais um acusado vivia na residência onde a população ateou fogo, porém ele estaria foragido. A casa ficou totalmente destruída.

O Grupo Tático Especial (GTE) da Polícia Civil de São Bento prendeu um dos acusados de matar Marcos Luiz da Silva Vieira, de 30 anos. O crime, com resquícios de crueldade, não deu chances de defesa para a vítima. 

Após investigações, a Polícia concluiu que Marcos foi espancado pelos jovens apreendidos por cerca de uma hora, sendo utilizados pedras e pedaços de madeira e acredita-se que a vítima não teve como se defender dos agressores, pois estaria bastante embriagada. O crime aconteceu na quinta (13).

Os policiais não descartam a possibilidade de mais pessoas estarem envolvidas no crime praticado contra o jovem Marcos, que continua sendo investigado.

 

 


Redação com São Bento Online