Reunião acaba e cúpula do PMDB mantém confronto com Executiva municipal em JP

Reunião acaba e cúpula do PMDB mantém confronto com Executiva municipal em JP

A executiva estadual do PMDB se reuniu na casa do senador e presidente da legenda no estado José Maranhão, no fim da tarde e início na noite desta segunda-feira (25), para debater como ficaria o posicionamento do partido no pleito deste ano em algumas cidades da Paraíba, principalmente em João Pessoa e Campina Grande, mas não chegou a nenhuma definição.

Além do senador José Maranhão, participaram do encontro o também senador Raimundo Lira, o deputado federal Manoel Júnior, o ex-governador Roberto Paulino, os deputados estaduais Raniery Paulino e Olenka Maranhão, o presidente do PMDB Jovem Diego Amaranto e outras lideranças da legenda.

O senador José Maranhão afirmou que a definição do partido em João Pessoa pode ser formalizada ainda esta semana. “Nós discutimos toda a problemática em todos os municípios, onde o PMDB está disputando. Em João Pessoa, nós não fomos conclusivos. Vamos fazer outra reunião dia 29 ou 30 para definir em caráter terminativo essa questão”, disse.

Maranhão confirmou a convenção do PMDB da capital para o dia 30 de Julho. Ele foi enfático ao comentar a possibilidade do partido lançar um novo nome para disputar a prefeitura da capital. “Tudo é possível”, afirmou.

Já o deputado federal Manoel Junior, que na última sexta-feira (22), anunciou, por meio de uma coletiva de imprensa, que estava desistindo de concorrer à prefeitura da Capital para apoiar a reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), reafirmou seu posicionamento e disse que esta não foi uma decisão unitária. O peemedebista afirmou que a a questão definida pela Executiva municipal de forma unanimidade.

Depois do posicionamento tomado por Manoel Júnior, o partido ficou dividido em quatro alas. Uma que defende que a legenda siga a decisão de Manoel Júnior apoiando Luciano Cartaxo; outra que quer aliança com a professora e pré-candidata a prefeita da capital pelo PSB, Cida Ramos; uma terceira acredita que os peemedebistas devem seguir com o deputado federal Wilson Filho, que irá disputar o comando de João Pessoa pelo PTB; e a última defende que o PMDB escolha outro nome para ocupar a vaga deixada por Manoel Júnior e lance candidatura própria.

 

 

 

 

MaisPB com informações de Albemar Santos