Renato Gadelha diz que troca de comando no governo nacional terá reflexos para campanha municipal

Renato Gadelha diz que troca de comando no governo nacional terá reflexos para campanha municipal

Em entrevista ao programa Rede Verdade, da TV Arapuan, desta quart-a-feira (20)  o deputado Renato Gadelha (PSC), líder do bloco de oposição na Assembleia, disse que a mudança na política nacional com o afastamento da presidente Dilma Rousseff  terá reflexos nas eleições municipais desde ano. "Sem dúvidas, se levado em consideração que no comando da política nacional vai estar um presidente do PMDB", afirmou se referindo ao vice Michel Temer, provável substituto do governo federal.

 

Evitando fazer prognósticos, Gadelha adiantou que é natural que isso aconteça. "Eu acredito no fortalecimento das candidaturas do PMDB por causa dessa transformação, da mudança de poder", avaliou ele sem citar a campanha do peemedebista na disputa municipal desde ano, em João Pessoa.

O PSC, como se sabe, deverá ser um aliado da campanha do PMDB, partido na Paraíba comandado pelo senador José Maranhão. "Acho que essa situação estaremos resolvendo nos próximos dias", disse o deputado Gadelha se referindo a uma possível aliança com os peemedebistas.

Ele também na política nacional, a repercussão da sessão da Câmara Federal no último domingo que votou, em sua grande maioria, pela admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. "Essa maioria mostrou a desarticulação desse governo. Por isso, deve sofrer mudanças com o afastamento da presidente". ressaltou.

Voltou a defender o regime parlamentarista. "Nesta situação a presidente não estava sendo submetida a todo esse constrangimento de que sair com a imagem ainda mais arranhada; está chegado a hora de nós políticos pensarmos em um novo regime. É o que defendo, inclusive passar tudo isso a limpo a partir de agora", concluiu.

 

 

 

 

Marcone Ferreira