Relacionamento entre professor e aluna de 17 anos é descoberto após fotos vazarem na web

Relacionamento entre professor e aluna de 17 anos é descoberto após fotos vazarem na web
Tanto na Ucrânia quanto na Rússia, a idade mínima para um relacionamento consensual é de 16 anos
Uma série de fotos que circulam pela internet e por aplicativos de mensagens desde a última semana revelou o namoro entre um professor e uma aluna de 17 anos de idade na Ucrânia.
 
Segundo publicou o tablóide britânico “Daily Star”, o professor Victor Tolstykh, que leciona ciências da computação na Universidade Nacional de Donetsk, acusou um de seus alunos pelo vazamento das imagens, que estavam no celular da adolescente Margarita Peshcherova, sua namorada.
 
“Ele está perdidamente apaixonado por ela e queria se vingar. Aparentemente ele não conseguiu aceitar que ela escolheu a mim e não a ele”, disse o professor conquistador.
 
As selfies que viralizaram entre os estudantes da universidade foram feitas no espelho de um motel, ainda de acordo com o “Daily Star”. O caso está sendo investigado pela polícia de Donetsk, uma das maiores cidades da Ucrânia. As apurações, no entanto, não questionam o relacionamento entre professor e aluna, mas sim o suposto roubo das imagens.
 
Tanto na Ucrânia quanto na Rússia, a idade mínima para um relacionamento consensual é de 16 anos.
 
Segundo a adolescente Margarita Peshcherova, que aparece nas fotos com lingeries sensuais, seus pais já conhecem o professor-namorado e aprovam o relacionamento. A universidade onde o professor trabalha não se pronunciou a respeito das imagens do casal.
 
 
 
 
 
 

 

Fonte IG