Reitoria da UFPB será definida apenas no 2º turno; veja resultado

Reitoria da UFPB será definida apenas no 2º turno; veja resultado

A eleição para a Reitoria da Universidade Federal da Paraíba será definida apenas no segundo turno, conforme relatou o presidente da Comissão Especial Eleitoral, Reinaldo Nóbrega de Almeida, em contato com o Portal Correio. A reitora Margareth Diniz, que tenta a reeleição para o cargo, encabeça a chapa dois, na companhia da professora Bernardina Freire, candidata a vice, e havia conquistado 47,02% dos votos quando mais de 85% da apuração havia sido feita, até as 23h40 desta quarta-feira (13), não sendo um percentual suficiente para definir a votação em primeiro turno.

Quatro chapas concorreram ao pleito. Segundo dados transmitidos no mesmo horário citado anteriormente, a segunda mais votada, que disputará o segundo turno, foi a chapa um, encabeçada pelo professor Luiz Junior, que obteve 30,97%. Ele tem como candidato a vice a professora Terezinha Domiciano. Também concorreram os professores José Francisco de Melo Neto e Ivonaldo Neres Leite (chapa três – 13,75%); e Valdiney Veloso Gouveia e Viviany Silva Araújo Pessoa (chapa quatro – 8,26%).

A apuração das eleições, que ocorreram das 8h às 21h desta quarta-feira, só seria concluída na madrugada desta quinta-feira (14). Cerca de 39 mil eleitores estiveram aptos a votar. Os cerca de 900 servidores da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) não puderam participar da votação por ordem judicial.

Reinaldo Nóbrega disse que, para chegar aos números finais, a apuração teria que colher ainda dados de todos os campi da instituição, cujas urnas e cédulas estavam sendo direcionadas ao Campus I, em João Pessoa. Segundo ele, o uso de cédulas se fez necessário em algumas ocasiões, pois não houve possibilidade de se realizar a eleição integralmente com o uso de urnas eletrônicas.

 

 

 

 

 

Portal Correio