Redemoinho destroi telhado do Centro Cultural, em Conceição

Redemoinho destroi telhado do Centro Cultural, em Conceição

Um forte redemoinho arrancou cerca de 25% do telhado do Centro Cultura Elba Ramalho, na cidade de Conceição. O fenômeno ocorreu, por volta do meio dia desta sábado(22), provocando um enorme susto nas pessoas que se encontravam próximo ao local.

De acordo com informações de pessoas que estavam próximas ao local do ocorrido, força do vento foi tão forte, que pedaços do telhado do local de eventos de Conceição foram parar por traz da Igreja matriz.

Apesar do susto e do prejuízo ao patrimônio público, ninguém ficou ferido.

Conheça um pouco sobre o fenônimo redemoinho

Os redemoinhos, rodamoinhos, remoinhos, torvelinhos, redemoinhos-de-poeira, pés-de-vento ou diabos de poeira (em inglês: dust devil) são ventos em espiral formados pela convecção do ar, em dias quentes, sem ventos e de muito sol.

Ocorrem quando o solo se aquece em determinado ponto, transferindo esse calor à porção de ar que está parada logo acima dele. Quando atinge uma determinada temperatura, esse ar sofre rápida elevação, subindo em espiral e cria um mini centro de baixa pressão. Devido ao princípio da conservação do momento angular esse redemoinho ganha velocidade e acaba levantando a poeira do solo, fazendo com que um funil de 'sujeira' seja visível. Ele pode apresentar desde alguns centímetros até muitos metros de altura.

Há também outro tipo de redemoinho, por exemplo,quando o solo se aquece em determinado ponto e o vento fraco vindo de uma direção se encontra com a corrente de ar quente acima do ponto super aquecido esse vento tende a ganhar velocidade,girar e empurrar o "turbilhão" para a direção que ele estaria.Também há os redemoinhos mais comuns que se formam quando a corrente de vento é parada por uma "parede" de canto criando uma corrente ascendente de vento giratória.

Frequentemente esse fenômeno é confundido com um tornado, porém vale salientar que, ao contrário dos tornados, os redemoinhos de poeira somente se formam em dias sem nuvens, sob muito sol e calor e baixa umidade do ar. Além disso, a velocidade dos ventos desse fenômeno raramente ultrapassa os 100 km/h, podendo causar apenas pequenos estragos, tais como destelhamentos leves.

 

Fonte: Gilberto Angelo/F.Diassis