Rede de Cardiologia realiza mais de 45 mil atendimentos na PB; Estado promove mais uma ‘Caravana do Coração’

Rede de Cardiologia realiza mais de 45 mil atendimentos na PB; Estado promove mais uma ‘Caravana do Coração’

Desde que foi criada, há poucos mais de dois anos,  a  Rede de Cardiologia Pediátrica PB\PE realizou  mais de  45 mil  atendimentos , além da realização de mais  240 cirurgias cardíacas e mais de 3, 5 mil consultas e exames especializados foram feitos. Para expandir ainda mais as ações, o Governo do Estado promoverá no período de 20 de julho a 2 de agosto deste ano a II Caravana do Coração que   tem como objetivo visitar 13 municípios, com duração de 14 dias, desta vez com 50 profissionais. Os municípios que vão participar desta segunda caravana são:  Itaporanga, Cajazeiras, Souza, Catolé do Rocha, Pombal, Patos,  Princesa Isabel, Monteiro, Esperança, Picuí, Guarabira, Itabaiana e Santa Rita. A parceria entre o Governo do Estado e a Associação Círculo do Coração do Recife foi assinada em outubro de 2011.

Durante a Caravana serão realizadas consultas e exames em crianças de zero a 12 anos, priorizando as que apresentam cardiopatia, febre reumática, sopro, cianose, taquicardia e desmaio, e em gestantes a partir de 28 semanas, que apresentem sintomas de diabetes clínica, cardiopatia, ultrassonografia com suspeita, outro filho com cardiopatia ou má formação fetal.

Para o secretário de Estado da Saúde, a realização mais uma vez desse mutirão de cirurgias cardíacas mostra a preocupação que o Governo do Estado tem para com a saúde da população paraibana e, nesse caso específico, com as crianças cardiopatas que antes tinham que se deslocar para outros Estados a procura de um atendimento especializado.

“O mutirão representa mais um avanço do Governo do Estado para levar saúde de qualidade e com eficiência à população paraibana e é isso que o governador Ricardo Coutinho vem fazendo em toda a Paraíba desde que assumiu o governo, com construção, ampliação, recuperação e compra de equipamentos para as unidades de  saúde que foram encontradas sucateadas e fechadas e, com isso, ampliando a qualidade do acesso à saúde para aqueles que mais precisam do serviço, utilizando equipamentos de ponta, oferecendo conhecimento científico na área e melhorando a infra-estrutura dos hospitais”, destacou Waldson de Souza.

O diretor geral do Complexo de Pediatria Arlinda Marques, Bruno Leandro de Souza, disse que quem vai continuar ganhando são as crianças paraibanas que sofrem com cardiopatias. “A expansão dos serviços e a entrega dos novos equipamentos pelo Governo do Estado estão melhorando a qualidade da assistência prestada às crianças paraibanas, agilizando o diagnóstico e permitindo um acompanhamento e tratamento mais eficientes. Além disso, por telemedicina, um grupo de especialistas continua 24 horas à disposição para auxiliar na intervenção dos pacientes mais críticos. É o sinal de compromisso do Governo do Estado com a saúde das crianças e adolescentes da Paraíba”, observou.

Uma das novidades da Caravana do Coração este ano  será a realização de um curso de reanimação neonatal em sala de parto, que será ofertada para enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas. O curso acontecerá no mesmo local dos atendimentos.

“Nesta II Caravana também acontecerá o aprimoramento da primeira, já que vamos agregar a capacitação à assistência. Esse é um processo de estruturação de uma assistência mais adequada. Pois, quando a gente só atendeu, apenas as crianças foram beneficiada. Agora, com o curso, vamos preparar o profissional para dar continuidade a esse atendimento”, explicou o pediatra Cláudio Régis, coordenador estadual da Rede de Cardiologia Pediátrica.

A parte lúdica da caravana também é mais uma inovação desta segunda edição. As crianças e gestantes serão recepcionadas por arteterapeutas, que apresentarão músicas com composições próprias, fazendo referência ao tema medicina preventiva, ao ritmo de frevo, samba, coco de roda e outros.

A presidente do Círculo do Coração e que também coordena a Rede de Cardiologia  Pediátrica, Sandra Mattos, afirmou que esse Mutirão de Cirurgias Cardíacas representa mais um passo importante do Governo do Estado com relação ao atendimento às crianças cardiopatas da Paraíba.

Sandra Mattos, explicou que a Caravana do Coração tem por objetivo realizar um mutirão de triagens, consultas e exames cardiológicos do sertão a zona da mata, com ajuda de uma equipe multidisciplinar de profissionais de diversas áreas. A equipe do Círculo do Coração se conecta diariamente com 20 maternidades e 1 hospital para realizar triagem, diagnostico e manejo terapêutico de crianças com cardiopatias congênitas em 16 municípios.

Sendo identificada alguma anormalidade, os bebês são encaminhados para o Hospital Arlinda Marques, em João Pessoa, para condução do tratamento, sempre acompanhado pela equipe médica de Pernambuco. Os casos mais complexos são direcionados para o Real Hospital Português, no Recife, onde o Círculo do Coração atua.  Todas as maternidades e hospitais envolvidos no projeto estão conectados entre si e com o Círculo do Coração de Pernambuco através da internet, via Ipads distribuídos pelo Governo da Paraíba. "Com o recurso da telemedicina, é possível estabelecer contato diário e monitorar o manejo dos pacientes, ofertando um melhor suporte aos profissionais responsáveis pelo atendimento aos bebês cardiopatas, além de ministrar treinamentos e capacitações", explica Sandra Mattos.

A Rede de Cardiologia Pediátrica é financiada com recursos da Secretaria de Estado de Saúde e surgiu da necessidade de melhorar o atendimento em cardiologia pediátrica no Estado, que  em um passado não muito distante passava por problemas de diagnóstico tardio, falta de serviços para realização das cirurgias, processos judiciais, dentre outros pontos. Os gastos com transporte aéreo e tratamentos em outros estados eram muito caros, chegando à cobrança de um milhão de reais para o tratamento de uma única criança.

A Rede atua na capacitação dos profissionais do sistema público de saúde, em especial neonatologistas, ultrassonografistas, pediatras e enfermeiros, visando o diagnóstico e tratamento das doenças cardíacas em crianças. As equipes são treinadas para realizar a triagem neonatal por oximetria de pulso, exame feito nas primeiras 24 horas de vida do bebê, capaz de detectar doenças cardíacas congênitas; e a triagem neonatal com ecocardiograma realizado pelo neonatologista, com supervisão de um cardiologista online. Além disso, contam com toda a assistência clínico-cirúrgica dos médicos ligados ao Círculo do Coração de Pernambuco.

Todas as maternidades e hospitais envolvidos no projeto estão conectados entre si e com o Círculo do Coração de Pernambuco através da internet, via Ipads distribuídos pelo Governo da Paraíba. "Com o recurso da telemedicina, é possível estabelecer contato diário e monitorar o manejo dos pacientes, ofertando um melhor suporte aos profissionais responsáveis pelo atendimento aos bebês cardiopatas, além de ministrar treinamentos e capacitações", explica a cardiologista Sandra Mattos, coordenadora geral do projeto.

Cronograma da Caravana - A primeira cidade a ser visitada será Itaporanga, no dia 21; no dia 22, Cajazeiras; dia 23, Sousa; dia 24, Catolé do Rocha; dia 25, Pombal; dia 26, Patos; dia 27, Princesa Isabel; dia 28, Monteiro; dia 29, Esperança; dia 30, Picuí; dia 31, Guarabira; dia 1º, Itabaiana e de 02, Santa Rita. Os pacientes devem ser cadastrados pelos municípios, no site www.rcp.circulodocoracao.org.

Relação  de todos os  serviços que integram  a Re de Cardiologia Paraíba\Pernambuco

As  instituições de saúde que fazem parte do Círculo do Coração são as seguintes:

João Pessoa – Complexo Hospitalar Arlinda Marques, Hospitais Edson Ramalho e Universitário Lauro Wanderley e as Maternidades Frei Damião e Cândida Vargas

Campina Grande – Instituto de Saúde Elpídio de Almeida, Hospital Universitário Alcides Carneiro, Clipsi, Hospital Geral, Hospital Escola da FAP

Patos – Maternidade Peregrino Filho

Sousa – Hospital Distrital Deputado Manoel Gonçalves de Abrantes

Cajazeiras – Hospital Regional de Cajazeiras

Guarabira – Complexo de Saúde do Município de Guarabira

Monteiro – Hospital Regional Santa Filomena

Esperança - Hospital Municipal de Esperança Doutor Manuel Cabral de Andrade

Itaporanga – Hospital Distrital de Itaporanga

Picuí – Maternidade Nossa Senhora de Fátima

Santa Rita – Hospital e Maternidade Flávio Ribeiro Coutinho

Catolé do Rocha – Hospital Municipal Dr. Américo Maia de Vasconcelos

Princesa Isabel – Hospital Regional de Princesa Isabel

Pombal - Hospital Distrital Senador Ruy Carneiro


Redação