RC revela motivo de fim da aliança com Cássio e admite que debate tem sido duro

RC revela motivo de fim da aliança com Cássio e admite que debate tem sido duro

O governador Ricardo Coutinho (PSB) admitiu, durante entrevista na Rádio CBN, nesta quarta-feira (24), que está fazendo um debate duro com o adversário na disputa pelo Governo o Estado, Cássio Cunha Lima (PSDB). Ricardo foi o terceiro candidato ao Governo a ser entrevistado na Rádio CBN, que já sabatinou Cássio e Major Fábio (PROS).

“O embate é duro porque precisa ser, mas eu não faço debate do submundo. Cada mentira que se coloca, cai no dia seguinte. O desespero é a mãe disso tudo”, disse o governador. “Você vê o guia eleitoral do meu adversário, que é maior do que meu, ele não tem obras para mostrar”, provocou.

Ricardo foi questionado a respeito da pensão de ex-governador que o Estado paga para Cássio e outros ex-governadores. “O Estado não pode negar o pedido de uma aposentadoria. Isso não cabe a nós. É uma lei e precisa ser cumprida”, explicou.

O entrevistado aproveitou para criticar Cássio. “Eu não sabia que ele estava ganhando R$ 52 mil. Ele ainda tentou justificar e incluiu a ex-mulher dele na situação, dizendo que era para pagar pensão. O povo não quer saber disso. O que ele faz com o dinheiro é problema dele. O problema é que o teto do servidor público é de R$ 29 mil e ele precisa dar retorno desse dinheiro à população”, apontou.

O governador afirmou que Cássio rompeu a aliança que tinha com o seu governo porque ele não fez o que Cássio quis. “Eu não sou marionete. Eles acham que poder é objeto da ambição deles”, disse.

 


Pedro Callado