RC diz que 'caso Delcídio' pode levar Brasil a estaca zero e critica Cunha: 'não tem piedade do País'

RC diz que 'caso Delcídio' pode levar Brasil a estaca zero e critica Cunha: 'não tem piedade do País'

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) comentou a conjuntura política nacional em destaque ao senador Petista, Delcídio do Amaral - primeiro com mandato a ser preso devido a Operação Lava Jato - e Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara e com o nome envolvido em série de escândalos.

Para Coutinho, O Brasil nunca passou por um momento tão conturbado quanto o atual. Ele alertou que isso poderá devolver novamente à estaca zero os esforços empreendidos para a aprovação das medidas de ajuste fiscal. O governador afirmou que "é preciso tirar o foco político/ policial, infelizmente a política hoje virou um grande desalento".

O socialista defende que, a despeito do atual cenário, é preciso que os congressistas deem uma resposta eficiente à sociedade, votando medidas que possam recolocar o país novamente no eixo do desenvolvimento.  

Já sobre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha - que também é investigado no âmbito da Operação Lava Jato acusado de possuir contas bancárias irregulares na Suiça - Coutinho afirmou que a situação do parlamentar é "insustentável". Além disso, Ricardo criticou as manobras feitas por Cunha para tentar continuar no comando da Câmara dos Deputados e afirmou que isso só aprofunda a atual crise. 

Para Coutinho, "ele (Cunha) não demonstra piedade pelo País".

 

 

 Folha de São Paulo.