RC defende incentivos fiscais diferenciados para o Nordeste e critica ‘guerra fiscal’ criada por estados do sudeste e sul

RC defende incentivos fiscais diferenciados para o Nordeste e critica ‘guerra fiscal’ criada por estados do sudeste e sul

O governador Ricardo Coutinho (PSB) defende que o Nordeste se organize e possa compreender que não é possível acabar com a política de incentivos fiscais. Ele criticou grande parte da mídia do sudeste que usa o termo pejorativo ‘guerra fiscal’ para barrar os avanços na região.

“Defendo incentivos diferenciados para o Nordeste como um todo. Qualquer região já teve (incentivos), não só no Brasil, como no mundo, todo setor da economia quando quer avançar…”, começa e cita a questão do setor automobilístico e siderúrgico.

De acordo com Coutinho, o setor automobilístico sempre teve e continua a ter incentivos por parte do governo. “O setor siderúrgico e o Nordeste não pode abrir mão disso porque grande parte da indústria aqui instalada volta para o Sudeste que é onde tem maior parte das matérias primas e a maior parte do público consumidor. Não tinha sentido vir para o Nordeste transportar produto distante?”, diz.

“Faço essa discussão sem nenhum medo. Sou contra qualquer guerra. Claro! Vai ficar estado disputando com o outro. Quero regra diferenciada para a região como um todo”, conclui.


Marília Domingues / Fernando Braz