RC ANUNCIA NESTA QUINTA PLANO EMERGENCIAL DE ENFRENTAMENTO À ESTIAGEM NA PARAÍBA

RC ANUNCIA NESTA QUINTA PLANO EMERGENCIAL DE ENFRENTAMENTO À ESTIAGEM NA PARAÍBA

O governador Ricardo Coutinho(PSB)  lança, nesta quinta-feira (18), às 10h, no Teatro Paulo Pontes, no Espaço Cultural, o Plano Emergencial de Enfrentamento da Estiagem. Entre as ações, está a construção de barragens subterrâneas, de adutora de montagem rápida e de cisternas, e perfuração de poços artesianos. O plano ainda contempla assistência a municípios atingidos pela estiagem por meio de carros-pipa, entre outras ações.

De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio-Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo, o plano será uma das maiores ações tomadas pelo Governo do Estado para enfrentar a seca que, atualmente, atinge 170 dos 223 municípios paraibanos (76,2% do total). “Não tenho dúvidas de que, nesta quinta-feira, a sociedade irá conhecer um plano de uma eficácia extraordinária, mas também de uma importância social muito grande, haja vista que o problema da estiagem é muito sério no Estado, e tem sido tratado com a seriedade merecida pelo governador Ricardo Coutinho”, afirmou.

Decreto

Em abril, o governador Ricardo Coutinho prorrogou a situação de emergência dos 170 municípios do Estado atingidos pela seca prolongada. A situação de emergência foi reconhecida cinco dias depois pelo Governo Federal, conforme publicação no Diário Oficial da União (DOU) de 23 de abril de 2015. O reconhecimento da situação de emergência pelo Governo Federal autorizava, entre outras coisas, o exército brasileiro no abastecimento dos municípios atingidos pela falta d’água.

O secretário João Azevedo enfatizou a importância da ação do Governo Federal ao reconhecer o estado de emergência, mas pontuou que o Governo do Estado viu a necessidade de ir mais além. “O problema da estiagem é complexo, e precisa de várias frentes de atuação. Por isso, o plano que será anunciado terá condições plenas de dar resposta rápida e, acima de tudo, eficiente para amenizar a difícil situação por que passam os paraibanos dos 170 municípios atingidos pela estiagem”, destacou.

Fonte: ParaíbaJá