RC admite diálogo com PMDB e diz que campanha de Cida lembra a sua em 2004: ‘cidade se levantou’

RC admite diálogo com PMDB e diz que campanha de Cida lembra a sua em 2004: ‘cidade se levantou’

O governador Ricardo Coutinho (PSB), comentou em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação nesta terça-feira (24), que vai tentar ajudar num possível diálogo como PMDB e o PTB, a ser promovido por Cida Ramos e destacou que a pré-candidatura da socialista vem num processo avassalador, apontando que os adversários já mediram através de pesquisas.

“Vou tentar ajudar se for possível, vamos adiante, estamos num bom tamanho [12 partidos compõem o Conselho Político], mas o principal é na sociedade, os anseios. Se perceber bem nós somos tocados por uma coisa chamada esperança, expectativa que amanhã vai ser melhor que hoje e nas pessoas que podem conduzir esse processo”, afirmou.

Coutinho reclamou que a população reduziu o nível de exigência dentro da cidade ao longo destes três anos, afirmou também que a gestão pensa pequeno e não consegue perceber a grandeza de uma cidade como João Pessoa, mas crê que a cidade vai despertar e “está despertando”.

 

“A candidatura de Cida vem num processo que vou chamar de avassalador, ele sabe o que eu estou dizendo, em 15 dias já mediram através de pesquisas. Primeiro Cida é confiável, coisa que boa parte dos políticos não são, o que diz, ela cumpre. Uma diferença enorme na disputa, tem experiência administrativa, história de inclusão social e fundamentalmente tem história de superação não só por conta de superação de pessoa com deficiência, mas por conta dos seus sonhos, construções de vida, batalha permanente nos movimentos sociais”, disse.

 

Já sobre as plenárias, Ricardo voltou a criticar o prefeito afirmando que Cartaxo afirmou ‘não valer nada’ porque ele esvaziou o orçamento democrático. “Não tem o que dizer ao povo, não sabe dialogar a não ser diálogo de papelão que vai para o discurso oficial, mas não tem qualquer conteúdo”, criticou.

Para Ricardo, Cartaxo desqualifica as plenárias porque desqualificou o Orçamento Democrático e não sabe o que é isso. O governador ainda afirmou que as plenárias que Cida vem realizando pela cidade, lembram sua própria campanha de 2004 “quando essa cidade se levantou de forma emocionante e me tornou prefeito. Eu tinha muito pouco, tinha uma vontade enorme de mudar o mundo e aquela campanha trouxe isso de positivo: demonstrou que o povo não tem dono, não é atrasado e quer avançar”, lembrou.

 

 

 

 


Marília Domingues / Fernando Braz