Raniery Paulino admite crise no PMDB: “Partido não vive seu melhor momento político”

Raniery Paulino admite crise no PMDB: “Partido não vive seu melhor momento político”

Após decisão do TRE – que manteve a aliança entre PT e PSB - o deputado estadual Raniery Paulino admitiu que o PMDB passa por uma crise. “O partido não vive seu melhor momento político”, disse o líder do PMDB na Assembleia Legislativa.

Ele destacou que não existe falta de estímulo entre os candidatos do PMDB, mas lamentou a imensa dificuldade na formação de alianças. “A dificuldade existe. Mas, pessoalmente, não estamos desestimulados. Estou motivado a superar esse quadro adverso”, comentou Raniery.

Nas eleições de 2010, o PMDB elegeu seis deputados estaduais. Em outubro deste ano, quatro dos seis eleitos em 2010 disputarão a reeleição. “Certamente, não repetiremos a mesma bancada”, avaliou o parlamentar, em entrevista ao MaisPB.

Sobre o apoio do deputado Frei Anastácio (PT) à candidatura de Vital do Rêgo Filho (PMDB) ao Governo do Estado, Raniery Paulino comentou que o petista é mais que uma adesão. “É a reafirmação de apoio. Ele [Frei Anastácio] sempre foi correto e manteve a linha”, finalizou.


Alexandre Freire e Jãmarrí Nogueira - MaisPB