Raimundo Lira diz que presença de Dilma no Senado legitima todo o processo de impeachment

Raimundo Lira diz que presença de Dilma no Senado legitima todo o processo de impeachment

O senador Raimundo Lira (PMDB) declarou, em entrevista à Rádio Senado, que a presença da presidente afastada Dilma Rousseff ao Senado comprova a legitimidade de todo o processo de impeachment e que não há golpe no país. Segundo ele, o fato de a presidente fazer sua própria defesa no Senado mostra que o processo transcorreu dentro da legalidade.

“A vinda da presidente afastada ao plenário do Senado Federal tem duas importâncias que devem ser destacadas. Primeiro, porque ela está exercendo um direito democrático de participar e o processo é realmente democrático; e o segundo, ela está mostrando, comprovando e reafirmando que não houve golpe no país”, afirmou o parlamentar.
 
Senadores falam hoje no julgamento da presidente afastada Dilma Rousseff

Indagado pelo repórter da Rádio Senado se a vinda dela reafirma a legitimidade de todo o processo, Lira aproveitou a pergunta para lembrar do trabalho realizado pela Comissão Especial do Impeachment, por ele presidida, que ao longo de 100 dias ouviu diversas autoridades, sempre num clima de muita democracia e com amplo direito de defesa.
 
“Ela está legitimando, de uma forma concreta, objetiva, com a sua própria presença, o processo, que foi um esforço muito grande, com todo mundo trabalhando, com muito diálogo, com muito entendimento, apesar de posições antagônicas, mas sempre num clima de muita democracia, de muita liberdade, de muito diálogo e com amplo direito de defesa”, afirmou Raimundo Lira.

 

Click PB