Radialista é sequestrada na cidade de Sumé e tem boca colada

Radialista é sequestrada na cidade de Sumé e tem boca colada

A radialista Elaine Trezena, residente na cidade de Sumé, foi sequestrada, na noite desta segunda-feira (18), e teve sua boca e outras partes do corpo coladas com super bonder. O crime aconteceu por volta das 19h40, no bairro de Várzea Redonda.

Segundo a polícia, a jovem estava numa motocicleta, quando foi perseguida por uma dupla, também de moto. A vítima foi levada a força em direção à estrada de São José dos Cordeiros.

Ainda segundo a polícia, no último domingo, Eliane teria sofrido uma tentativa de assalto, quando estava na casa da mãe. Um homem armado com um punhal teria invadido o imóvel a procura de dinheiro e a agrediu puxando seus cabelos. A jovem conseguiu se trancar em um dos quartos da casa e o criminoso fugiu sem levar nada. Uma irmã da vítima revelou que tentaram, por duas vezes, registrar Boletim de Ocorrência, mas a delegacia da cidade estava fechada.

Na noite de ontem, Elaine seguia em sua motocicleta, quando foi perseguida por dois indivíduos em outra moto e próximo ao Estádio José Jacinto foi abordada e um dos elementos subiu na moto da vítima levando-a em direção a São José dos Cordeiros. Segundo a própria vítima, na entrada da fazenda Agreste os bandidos colaram sua boca, mãos e joelhos colados com super bonder.

Segundo ela, o criminoso lhe acusou de “falar demais” e o ato seria um aviso para que a mesma não ousasse denunciá-lo. A jovem conseguiu ligar para um parente e informou com dificuldades na fala o lugar em que estava, vindo a ser socorrida rapidamente pela polícia.

A vítima foi levada para o hospital da cidade e passa bem.

 

 

 

 

MaisPB