Racionamento de água em Piancó

Racionamento de água em Piancó

O Coordenador da Cagepa de Piancó Robson Ferreira Nunes se mostra preocupado com o volume de água atual do açude Estevam Marinho (Coremas) responsável pelo abastecimento de água aos moradores da cidade de Piancó. Segundo ele a situação é preocupante já que o açude está muito abaixo da capacidade e isso vem dificultando o abastecimento normal da população. No entanto, o coordenador informou que todas as medidas para tentar solucionar o problema estão sendo tomadas.

 

Robson disse que durante a semana que passou a Cagepa instalou uma adutora dentro do próprio açude com cerca de 500 metros de distância para captar água em um local melhor. Ele descartou para este ano a possibilidade de um colapso no fornecimento de água a população. Porém, deixou claro que haverá racionamento e que a população deve economizar ao máximo a água que chega às torneiras. Ele disse que vem testando um sistema de manobras da seguinte maneira um dia com água e dois dias sem água para atender as necessidades dos consumidores.

 

Mas a partir dos próximos dias o racionamento deverá acontecer com dois dias com água e quatro dias sem água. Ele informou que viajará até Patos na manhã de hoje para discutir essa forma de racionamento. E acrescentou que em breve será inaugurada uma estação de tratamento para melhorar a qualidade da água que segundo ele chega às torneiras com uma cor indesejável devido a pouca água no açude.

 

O Coordenador da Cagepa desmentiu um boato que Piancó ficaria 15 dias sem água. Segundo ele essa possibilidade no momento é remota. No entanto, advertiu novamente que é necessário economizar água e finalizou dizendo que o desafio é grande e que o trabalho é ainda maior. Ele acredita que após os investimentos no setor a qualidade da água chegará a 100% e que a intenção da empresa é abastecer todos os consumidores, principalmente a parte alta da cidade e destacou o desempenho da equipe de trabalho.

 

Vale News PB